Por que João Batista duvidou que Jesus era o Messias mesmo depois de tê-lo batizado?Uma coisa me causou bastante estranheza quando li o relato de João Batista mandando seus discípulos perguntarem se Jesus era o Messias ou se deveriam esperar outro: João Batista já não havia batizado Jesus e visto ali a manifestação de Deus? Por que ele demonstrou essa dúvida estranha naquele momento? sua observação é bem interessante e nos dará a oportunidade de explicar esse detalhe um tanto estranho sobre a atitude de João de estar meio que “duvidando” de que Jesus era de fato o Messias. Qual foi o motivo dessa pergunta de João a Jesus? Vejamos os detalhes:Por que João Batista mesmo depois de batizar Jesus duvidou que ele era o Messias?(1) O texto que é objeto da sua dúvida é o seguinte: “Quando João ouviu, no cárcere, falar das obras de Cristo, mandou por seus discípulos perguntar-lhe: És tu aquele que estava para vir ou havemos de esperar outro?” (Mateus 11:2). Comecemos fazendo algumas observações sobre o contexto: Aqui João Batista já estava preso. Já havia acontecido o batismo de Jesus, narrado em Mateus 3. O ministério de Jesus já havia começado e as notícias sobre as grandezas feitas por Jesus começaram a correr por toda Israel como nos narra Lucas 7:19.(2) Tudo isso deve ter gerado grande expectativa em João Batista, pois uma das grandes obras atribuídas ao Messias seria a de trazer liberdade aos cativos, liberdade aos que estavam presos: “O Espírito do SENHOR Deus está sobre mim, porque o SENHOR me ungiu para pregar boas-novas aos quebrantados, enviou-me a curar os quebrantados de coração, a proclamar libertação aos cativos e a pôr em liberdade os algemados” (Isaías 61:1). Sendo assim, João Batista certamente não entendia porque ainda permanecia preso, perseguido, já que o Messias estava em cena. Por que o Messias permite que eu permaneça aqui preso injustamente? Essa dúvida certamente ecoava no coração de João.(3) Portanto, chegamos a uma primeira conclusão de que João Batista não está aqui sendo descrente de que Jesus era o Messias, como que tendo falta de fé. João Batista está buscando entender a atividade do Messias. Será que existe algo que não compreendi bem? Esse poderia muito bem ter sido o pensamento de João. Ele, então, pede que seus discípulos busquem esclarecimentos diretamente com Jesus.(4) O esclarecimento de Jesus foi o seguinte: “E Jesus, respondendo, disse-lhes: Ide e anunciai a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos veem, os coxos andam, os leprosos são purificados, os surdos ouvem, os mortos são ressuscitados, e aos pobres está sendo pregado o evangelho” (Mateus 11:4-5). Observe que na resposta de Jesus Ele trouxe à tona as obras que estava realizando, obras essas claramente ligadas a ação do Messias no mundo, profetizadas no Antigo Testamento (Por exemplo, em Isaías 35:5-6). O que Jesus quis mostrar a João Batista é que a agenda de Deus estava sendo cumprida. Apesar de não estar sendo feita como João desejava, Deus estava agindo conforme Sua vontade soberana. João deveria estar atento a isso!(5) Tudo isso nos ajuda a entender que nem sempre nós, humanamente falando, conseguimos compreender os desígnios de Deus de forma plena e detalhada. Isso ocorre por causa de nossa limitação. Temos que aprender a equilibrar nossas expectativas e nos submeter a vontade do Senhor, ainda que ela esteja parecendo contrária ao que esperamos. Foi o que João Batista fez depois de ser instruído por Cristo. Ele entendeu que deveria confiar na ação de Deus. Entendeu que o Senhor faria o melhor! Faria da melhor maneira! Faria da forma mais abençoadora para que Seu nome fosse engrandecido![ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA ].

A Ação Soberana da Palavra de Deus em sua vida controla todas as adversidades!vamos entender porque?.Texto:( Hebreus 1:3 ) “Ele, Jesus que é o resplendor da glória e a expressão exata de Deus, _sustentando todas as coisas pela palavra do Seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade, nas alturas…” Somos todos os dias ensinados pela Palavra de Deus sobre a Força das Palavras. Em todos os dias há milhões e milhões de negócios financeiros, decisões, alianças, contratos, derrotas e conquistas onde as palavra faladas dão o tom dos acontecimentos, pois até a salvação do homem acontece pelas palavras que ele fala e não pelo que ele pode fazer para ser salvo.Mesmo assim existem pessoas que são contrárias aos ensinamentos do falar das palavras e do poder delas, porque não entendem que a Força das Palavras que falamos vem de uma fonte que segura TODAS as coisas: a Palavra. A Palavra de Deus é quem sustenta todas as coisas. E quando essa palavra está sendo crida com o coração e confessada com a boca, é Deus falando através de nós.”A morte e a vida estão no poder da língua; o que bem a utiliza come do seu fruto”. Pv. 18.21Deus transfere o poder da Sua Palavra que sustenta todas as coisas para as suas palavras que estão dentro de você. Por isso disse Jesus: Vós estais limpos, em ponto de acessar tudo que precisam pela palavra que Eu tenho falado.As palavras que você fala tem o poder de um Tsunami. A verdade é que ninguém mais pode escolher suas palavras a não ser você! Você pode profetizar a sua frente sementes de vida ou sementes de morte. A forma como você utilizou as palavras que você falou no passado afetou o que você tem em sua vida hoje, e o hoje é o resultado direto de suas palavras faladas no passado. O que você verá em seu futuro, será resultado direto do que você está falando hoje. A isto chamamos de a Força das Palavras!Quando a Palavra de Deus controla a nossa vida, as adversidades são colocadas debaixo deste controle. Você compreende isto? Então, o que está esperando? Deixe a Palavra de Deus controlar o seu ser, completamente. Automaticamente, todas as situações que estão acontecendo em sua vida estarão debaixo da ação e poder da Palavra de Deus em sua vida.[LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

PALAVRA DE FÉ: TEXTO:( ISAÍAS 32:17 )

” E o efeito da justiça será paz, e a operação da justiça, repouso e segurança, para sempre. ” O fruto da justiça é paz, tranquilidade e confiança. Seja justo e desfrute da paz. Haverá um dia em que os corruptos serão punidos e os justos recompensados.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA,NOS CONDUZ,E NOS ANIMA ].

PALAVRA DE FÉ: TEXTO:( JEREMIAS 29:11 ).

Porque eu bem sei os pensamentos que penso de vós, diz o senhor; Pensamento de paz e não de mal, para vos dar o fim que esperais. Deus é quem sabe de tudo em nossa vida. O que ele tem para você são coisas boas,momentos de paz, amor, alegria harmonia e União. Os planos de Deus são perfeitos para sua vida. Busque realizar os seus sonhos junto com ele.

Como saber se meu sonho veio de Deus? A Bíblia diz algo sobre isso? Essa semana tive um sonho bem estranho e triste, que me deixou muito abalada. Estou com muita dificuldade de saber se esse sonho veio de Deus, se é um aviso de Deus para mim. O problema é que essa dúvida tem me deixado muito triste e desanimada. Como saber se um sonho veio de Deus, se é um aviso de Deus para mim? Existe alguma orientação na Bíblia a respeito disso?a Bíblia tem muitos exemplos de pessoas que tinham sonhos, onde o Senhor falava com elas, e também de pessoas que interpretavam sonhos. Mas, evidentemente, precisamos avaliar com sabedoria essa questão.Como saber se um sonho veio de Deus?Como saber se um sonho veio de Deus?(1) Na Bíblia temos relatos esporádicos de Deus falando com pessoas em seus sonhos. Não é uma regra. Geralmente são exceções, ou seja, não é algo que acontecia todos os dias e com todas as pessoas. Por exemplo, vemos Deus advertindo o rei Abimeleque em seu sonho: “Deus, porém, veio a Abimeleque em sonhos de noite e lhe disse: Vais ser punido de morte por causa da mulher que tomaste, porque ela tem marido” (Gênesis 20:3).Temos também o exemplo de José do Egito, que, além de sonhar, também tinha o dom de interpretar os sonhos: “Teve ainda outro sonho e o referiu a seus irmãos, dizendo: Sonhei também que o sol, a lua e onze estrelas se inclinavam perante mim” (Gênesis 37:9). Vemos ainda um caso interessante onde a esposa de Pilatos tem um sonho sobre Jesus: “E, estando ele no tribunal, sua mulher mandou dizer-lhe: Não te envolvas com esse justo; porque hoje, em sonho, muito sofri por seu respeito” (Mateus 27:19).(2) Isso nos indica que é possível que Deus fale conosco através dos sonhos. No entanto, é um grande erro achar que todo sonho é Deus falando conosco. A maioria de nossos sonhos são formados pela nossa própria mente, que utiliza coisas que vivemos, traumas, ansiedades, desejos e outros muitos sentimentos e monta sonhos aleatoriamente, sem qualquer sentido especial. Mas em alguns momentos os sonhos que temos são tão marcantes que ficamos com a dúvida: Será que esse sonho veio de Deus?Avalie seu sonho para saber se ele veio de Deus(3) Gostaria de deixar algumas dicas para ajudar a avaliar o seu sonho para saber se esse sonho veio de Deus ou se é um sonho comum que não deve ser levado em consideração:a) O sonho é contrário ao que a Bíblia ensina? Se seu sonho está te levando a pensar coisas que são contrárias a Bíblia ou se te indica que deve fazer coisas que não agradam a Deus, evidentemente, não é um sonho que veio de Deus. Rejeite-o e ore ao Senhor para te livrar desse tipo de sonho. Por exemplo: uma pessoa casada sonha que está fazendo sexo com outra mulher. Esse é um tipo de sonho que não vem de Deus e deve ser rejeitado.b) O sonho é confuso e absurdo? A Bíblia diz que Deus não é um Deus de confusão (1 Coríntios 14:33). Se Ele quer falar algo com você através de um sonho, Ele falará de forma que você entenda e não em forma confusa que te leve a ter apenas mais falta de paz e confusão em seus pensamentos. Geralmente esses sonhos confusos não vêm de Deus.c) O sonho é sobre outras pessoas? Temos de ter muito cuidado com esse tipo de sonho. Muitas pessoas sonham com pessoas morrendo, sofrendo acidentes, etc. E já acham que é alguma “revelação” de Deus. Não é sábio ficar divulgando e assustando as pessoas com esse tipo de sonho. Apenas ore a Deus e peça a proteção dele àquela pessoa. Na maioria das vezes é apenas um sonho e nada mais. Eu já sonhei com pessoas morrendo e elas ainda estão vivas até hoje. Ou seja, foi apenas um sonho e nada mais.d) O sonho está te deixando muito ansioso? Algumas pessoas são mais sensíveis que outras. Se um sonho te deixa ansioso, sem saber ao certo o que é, e você não está sabendo lidar com isso, não consegue dormir, está desanimado, triste, seria muito bom procurar algum líder da sua igreja para que ele te ajude a analisar isso e o seu coração fique em paz. Procure manter sua mente ocupada com coisa boas: “Finalmente, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é respeitável, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se alguma virtude há e se algum louvor existe, seja isso o que ocupe o vosso pensamento” (Filipenses 4:8).(4) Por fim, se todas as análises falharem e você ainda ficar em dúvidas sobre se seu sonho veio de Deus ou não, o melhor é descansar Nele. Ore a Deus e peça para que a paz Dele te guarde, peça para Ele acalmar seu coração e peça para que, se esse sonho veio Dele, que Ele te faça saber de forma clara. Se Deus quer te falar algo, Ele te falará de forma clara. Não faz sentido acharmos que Deus nos mostra algo e não nos deixa entender aquilo que Ele quer falar conosco. Caso não fique nada claro para você, foi apenas um sonho sem qualquer significado. Siga em frente e deixe esse estresse para trás.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA,NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

Orar de madrugada é uma ordem bíblica? Veja tudo que a Bíblia diz?Estamos em uma campanha em minha igreja onde temos que orar de madrugada, às 3 da manhã. Eu não sou uma pessoa preguiçosa, mas fui mãe recentemente e tem sido muito difícil para mim acordar esse horário, isso me deixa quebrada no outro dia. Alguns irmãos me disseram que orar de madrugada é algo poderoso e que devo me esforçar mais, pois a Bíblia fala isso claramente. Me passaram até o texto de Provérbios 8:17 para ler. Será que seu eu orar em outro horário minha oração não será aceita? Será que Deus não me ouvirá?existem muitas confusões feitas em muitas igrejas sobre essa questão da oração em determinados períodos do dia. Essas confusões são baseadas em interpretações erradas de alguns textos. Eu vou te ajudar a entender essa questão sobre orar de madrugada de forma simples e isso te trará paz, pode ter certeza!Orar de madrugada gera mais poder? Veja tudo que a Bíblia diz sobre issoOrar de madrugada é uma recomendação bíblica?(1) Dizer que orar de madrugada faz com que a oração tenha mais poder, que ela será melhor recebida por Deus é uma grande besteira. O principal verso usado para embasar essa ideia de que essa oração nesse período do dia seria mais poderosa é Provérbios 8:17, principalmente a tradução na versão Revista e Corrigida (RC), que diz: “Eu amo os que me amam, e os que de madrugada me buscam me acharão”. A pergunta é: quem está falando nesse texto? Qual o significado real dele?Provérbios 8:17 ensina a orar de madrugada para ter mais poder?(2) O texto de Provérbios 8:1-36 fala a respeito da sabedoria personificada (como se fosse uma pessoa). E quem está falando no verso 17 é a sabedoria. Ela fala diversas coisas nesses versos e no verso 17 especificamente ela fala exatamente sobre pessoas que se empenham em buscá-la. Essas pessoas a acharão. O texto em nenhum momento ensina que devemos obrigatoriamente sempre orar de madrugada, que isso é obrigatório para que a oração tenha poder e nem que as orações de madrugada tem resultados mais positivos diante de Deus.Orar de madrugada: Paulo e Silas?(3) Para dar mais força ao argumento de que orar de madrugada teria mais poder, um dos exemplos citados é a oração de Paulo e Silas: “Por volta da meia-noite, Paulo e Silas oravam e cantavam louvores a Deus, e os demais companheiros de prisão escutavam” (Atos 16:25). Como resultado dessa oração houve um grande terremoto, as portas da prisão se abriram e o carcereiro veio a se converter em seguida (Atos 16:25). Mas, evidentemente que esse texto também não ensina que orar de madrugada seja uma regra para que a oração tenha mais poder. Até porque meia-noite não é madrugada (se fossemos levar ao pé da letra). O texto é apenas descritivo, ou seja, descreve o que ocorreu conforme ocorreu.Porque orar de madrugada e em qualquer horário é a mesma coisa segundo a Bíblia:(4) A Bíblia afirma que Daniel costumava orar três vezes por dia em seu quarto (Daniel 6:10). Ele até poderia orar de madrugada, mas orava também em outros horários. Moisés orou pelo povo, provavelmente de dia, pois o povo estava acordado (Números 21:7). Ana orou pelo nascimento de Samuel, também de dia, pois havia movimentação de culto ali em Siló, no local de adoração (1 Samuel 1:10). Ezequias, após receber a notícia de que morreria, não se importou com o horário, orou imediatamente a Deus (2 Reis 20:2). Jonas orou dentro do peixe que o tragou por causa de sua desobediência. Dentro do peixe ele não sabia se era dia ou noite, apenas orou (Jonas 2:1).(5) Esses são apenas alguns exemplos que mostram que Deus não se importa com horários. Ele se importa que oremos, que O busquemos de todo coração. O horário em que isso é feito pouco importa. Pessoas oraram com sucesso na Bíblia de madrugada e também de dia ou de noite. Agradaram a Deus orando em diversos horários conforme vimos. Algumas pessoas gostam de orar na madrugada pelo silêncio, pela tranquilidade que encontram. Algumas fazem propósito com Deus de orar nesse horário como uma forma de se esforçar mais. Outras preferem orar em outros horários. Você pode orar em qualquer período do dia segundo a Bíblia.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

Quem é o Mamom citado por Jesus na Bíblia? É um demônio?Estou estudando o livro de Mateus e me deparei com o texto que está descrito em Mateus 6:24, onde diz que não podemos servir a “Deus e a Mamom”. Isso me deixou meio confuso. Quem é esse Mamom, seria algum deus ou demônio daquela época ou alguma pessoa? Pode me explicar, por favor? para compreendermos essa questão, vamos precisar usar um conceito muito importante no estudo da Bíblia, que é a consulta aos originais (nesse caso os originais em grego) em que o Novo Testamento foi escrito para compreendermos melhor o significado dessa palavra.Quem é o Mamom citado na Bíblia Sagrada? É um demônio?Quem é o Mamom citado por Jesus na Bíblia?(1) Nesse texto, Jesus está falando a respeito de tesouros e riquezas. Ele está explicando sobre juntar tesouros na terra e juntar tesouros nos céus (Mateus 6: 19-20). Dentro desse contexto, Jesus finaliza sua exposição explicando que ninguém pode servir a dois senhores ao mesmo tempo, ou seja a Deus e a Mamom (Mateus 6:24). Essa fala de Cristo também é registrada pelo evangelista Lucas em Lucas 16:13.(2) Essa palavra Mamom que aparece em algumas traduções para o português, no grego é “mammonas”. Ela significa tesouro, riqueza, mas também pode ser usada como Mamom numa personificação da riqueza. Ela aparece em outros textos também. Por exemplo: “Se, pois, não vos tornastes fiéis na aplicação das riquezas (mammonas) de origem injusta, quem vos confiará a verdadeira riqueza?” (Lucas 16:11 – acréscimo entre parênteses meu).As traduções mais novas em português já utilizam a palavra “riqueza” no lugar de Mamom. No entanto, existe um motivo interessante para que se utilize Mamom em várias das traduções e essa razão traz mais riqueza ao texto. Vejamos:Por que algumas Bíblias traduzem “mammonas” como “Mamom”(3) No texto em que Jesus fala sobre servir a dois senhores (Mateus 6:24) note que Jesus personifica a “riqueza” como se fosse uma pessoa, um “senhor” que poderia ser servido pelas pessoas e não meramente um objeto, bens ou dinheiro que as pessoas têm. Ele faz isso para fortalecer o argumento de que as riquezas podem ser um deus para as pessoas, como se fossem realmente algo com que elas pudessem interagir pessoalmente. Sabemos também que quando não seguimos a Deus estamos seguindo o maligno, logo, Jesus mostra claramente que as riquezas podem ser um deus, um ídolo, um senhor na vida de muitos. Daí então a tradução para Mamom como se fosse uma pessoa e não meramente riquezas materiais.Leia também: Para receber as bênção de Deus eu preciso fazer sacrifícios financeiros?(4) Então, na realidade, Mamom não é uma pessoa ou um deus, mas apenas uma palavra especialmente escolhida pelos autores bíblicos, que, inclusive, tem origem aramaica e que tem um forte significado de personificação da riqueza como se ela fosse alguém. Em outros textos onde aparece a palavra “riquezas” no português, aparecem outras palavras gregas como “ploutos” (Romanos 9:23; Efésios 3:8; Hebreus 11:26; Tiago 5:2) ou “chrema” (Lucas 18:24; Marcos 10:24), que tem um significa mais direto de bens materiais. Dessa forma, a palavra traduzida para o português como Mamom em algumas bíblias foi especialmente escolhida pelos autores para passar essa ideia de que a riqueza pode ser um senhor, um deus, um alguém que as pessoas seguem e que acaba levando-as para longe de Deus.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA ].

Maria, mãe de Jesus, permaneceu virgem após ter dado à luz a Cristo?Há alguns meses entreguei minha vida a Jesus. Eu era católica, mas não lia muito a Bíblia. Comecei estudar mais a fundo a Bíblia e começaram surgir muitas dúvidas em minha mente. Uma delas é sobre a afirmação católica de que Maria permaneceu virgem para sempre. A Bíblia parece dizer o contrário, mas a doutrina católica afirma isso veementemente. Poderia me explicar essa questão?Cara leitora, realmente existe uma doutrina católica que afirma que Maria, mãe de Jesus, permaneceu virgem antes, durante e depois do parto. (veja esse posicionamento católico nesse link). Porém, esse posicionamento está mais fundamentado nos dogmas católicos do que na própria Bíblia Sagrada que, segundo cremos, é a única e exclusiva revelação de Deus aos homens. Cremos que Cristo nasceu de forma extraordinária, num nascimento virginal. Mas será que Maria permaneceu virgem mesmo após o nascimento de Cristo? Vamos recorrer a Bíblia para elucidar essa questão.Maria, mãe de Jesus, permaneceu virgem após ter dado à luz a Cristo?Dentre vários argumentos possíveis, vou expor mais detalhadamente um que me parece ser suficiente para elucidar essa questão: Jesus tinha irmãos que eram filhos de Maria. Se ele tinha irmãos é impossível que Maria tenha permanecido virgem.Os católicos argumentam nesse ponto: “Mas todos sabem que em hebraico o termo “irmão” pode indicar qualquer parentesco, como sobrinho (Gn 12,5 e 13,8; 29,12.15), tio, primo (1Cr 23,22) e até amigo (Gn 29,4). (Fonte: http://www.franciscanos.org.br/?page_id=5520)Qualquer estudioso mais atento da Bíblia sabe que o Novo Testamento não foi escrito em hebraico, conforme o argumento católico acima, e sim em grego. Note, por exemplo, o que está escrito em Mateus 12.46: “Falava ainda Jesus ao povo, e eis que sua mãe e seus irmãos estavam do lado de fora, procurando falar-lhe.”Fiz uma pesquisa desse mesmo texto na tradução Católica da Bíblia Ave Maria e nela está traduzido assim: “Jesus falava ainda à multidão, quando veio sua mãe e seus irmãos e esperavam do lado de fora a ocasião de lhe falar.” (Mateus 12.46 – Bíblia Ave Maria).Ora, se o argumento é de que essa menção da palavra “irmãos” se refere a parentes próximos, porque não traduziram assim? Por que mantiveram a tradução como irmãos?Simples: Porque realmente se trata dos irmãos de Jesus, filhos de Maria e José. A palavra grega usada no texto de Mateus 12.46 para irmãos é “adelphos”. Ela não é usada no Novo Testamento para designar parentes próximos. Os usos mais frequentes dela são para designar “um irmão, quer nascido dos mesmos pais ou apenas do mesmo pai ou da mesma mãe”, “um fiel companheiro, unido ao outro pelo vínculo da afeição”, “irmãos em Cristo” (Léxico Strong – palavra grega G80).Já a palavra hebraica comumente traduzida no Antigo Testamento por “irmão” e que também aceita tradução para parentes próximos é “’ach”, ou seja, não tem nada a ver com a palavra utilizada no Novo Testamento, onde estão os textos que falam dos irmãos de Jesus.Temos ainda várias outras menções dos irmãos de Jesus no Novo Testamento. Em um dos textos até o nome deles são citados. E ainda nos é revelado que Jesus também tinha irmãs: “Não é este o carpinteiro, filho de Maria, irmão de Tiago, José, Judas e Simão? E não vivem aqui entre nós suas irmãs?” (Marcos 6.3).A Bíblia ainda nos revela que os irmãos de Jesus não creram Nele por algum tempo: “Pois nem mesmo os seus irmãos criam nele.” (João 7.5).Mas depois se diz claramente que os irmãos de Jesus o seguiram após a sua ressurreição: “Todos estes perseveravam unânimes em oração, com as mulheres, com Maria, mãe de Jesus, e com os irmãos dele.” (Atos 1.14).Assim, fica claro que Maria teve sim outros filhos e não permaneceu virgem após o nascimento de Cristo. Ela casou-se com José e seguiu normalmente sua vida de casada como qualquer moça da época.Creio que essa argumentação seja suficiente, porém, ainda podemos pensar que Maria e José eram casados e que em nenhum momento a Bíblia afirma que não tinham uma vida normal de casados, pelo contrário, diz que Maria era mulher de José (Mateus 1.24). E sendo mulher de José, após cumprir a missão dada a ela pelo Senhor de dar à luz ao Cristo, cumpriu seu papel de esposa fielmente, dando a José aquilo que era de direito dele como esposo. E nisso não houve pecado da parte dela. Eles seguiram a cultura judaica que via nos vários filhos um sinal da bênção de Deus. O argumento católico de que Maria teria feito voto de castidade para toda a vida não pode ser sustentado à luz das Escrituras.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

5 atitudes importantes a tomarmos diante dos momentos de crise.“e viu dois barcos junto à praia do lago; mas os pescadores, havendo desembarcado, lavavam as redes” (Lucas 5:2).Qual é a sua atitude quando as coisas não dão certo para você? Em minha experiência de vida já vi pessoas reclamando, pessoas colocando a culpa em alguém, pessoas entrando em estado depressivo, pessoas maltratando outras, pessoas desistindo de seus planos e sonhos. São coisas negativas que podem acontecer conosco diante de um momento de derrota, de um momento em que as coisas não aconteceram de acordo com aquilo que esperávamos.Pedro, o pescador, juntamente com sua equipe de pesca, saiu naquela noite para buscar o sustento para seu lar. A expectativa era grande, todos se prepararam, deixaram suas famílias em casa e embarcaram em busca do sonho e da meta de fazer uma pesca maravilhosa que lhes desse sustento por muitos dias. Porém, nem sempre as coisas acontecem como sonhamos ou planejamos. Às vezes a crise bate à nossa porta. Foi o que aconteceu com eles! “Respondeu-lhe Simão: Mestre, havendo trabalhado toda a noite, nada apanhamos…” (Lucas 5:5). A frustração estava estampada em suas palavras!Mas esses pescadores frustrados e impactados pela crise nos ensinam algumas lições precisas para colocarmos em prática nos momentos em que as coisas não acontecem como buscamos, nos momentos de maior frustração de nossas vidas!5 atitudes a tomarmos diante dos momentos de criseAtitudes que devemos tomar nos momentos de crise(1) Sempre deixe suas redes lavadasO texto bíblico nos traz um detalhe muito interessante: “e viu dois barcos junto à praia do lago; mas os pescadores, havendo desembarcado, lavavam as redes” (Lucas 5:2). Diante das frustrações e crises costumamos ter o desejo de largar tudo, de jogar tudo para o alto. Esses pescadores, porém, sabiam que era preciso estar pronto para novas oportunidades, para novos trabalhos, para portas que Deus poderia abrir para eles! Se as redes estivessem sujas, furadas ou com outras avarias, como poderiam pescar novamente? Diante das situações difíceis, mantenha-se com pensamento positivo, mantenha-se ligado, preparado para oportunidades de superação que Deus nos dá, pois, o nosso Deus é o Deus da superação e da abundância.(2) Não se feche em si mesmo, olhe ao seu redorÉ interessante notar que mesmo depois de uma noite de pesca cansativa e frustrada, o apóstolo Pedro achou em seu coração lugar para abençoar o próximo, para olhar ao seu redor e ver que a vida nãos e resumia às suas crises. Observe que Jesus lhe faz um pedido: “Entrando em um dos barcos, que era o de Simão, pediu-lhe que o afastasse um pouco da praia; e, assentando-se, ensinava do barco as multidões” (Lucas 5:3). Quase sempre quando nos frustramos descontamos nos outros essas frustrações, nos fechamos em nós mesmos, pois achamos que a nossa dor é a maior do mundo. Pedro nos ensinou que ser gentil e abençoar quem necessita de nós é algo que nos ajuda a vencer as frustrações da vida. Ele não só emprestou o barco a Jesus como também o manobrou e ficou à disposição do Mestre naquele momento em que estava em frustração e em crise. Ele olhou ao seu redor e não deixou com que a crise paralisasse todas as áreas da sua vida!(3) Escute e obedeça a Palavra de DeusAs frustrações da vida nos ensurdecem para a voz de Deus. Ouvimos nosso coração carnal, agimos muitas vezes de forma descontrolada e não escutamos a voz do Deus que fala conosco em todos os momentos. Jesus fala naquele momento com Pedro, o pescador frustrado, que, felizmente, o ouviu, pois estava atento: “Quando acabou de falar, disse a Simão: Faze-te ao largo, e lançai as vossas redes para pescar” (Lucas 5:4). Mesmo estando frustrado por nada ter pescado a noite toda, Pedro estava com suas redes lavadas, prontas. Ele estava preparado! E também estava atento a voz de Deus! Ele conseguiu calar todas as vozes contrárias e ouvir somente a voz de Jesus naquele momento. Ouviu com clareza, refletiu, entendeu, venceu em seu coração as objeções e lançou as redes novamente com fé, tendo um resultado impressionante que nem mesmo em seus maiores sonhos ele pensaria em ter.(4) Divida com o próximo a sua vitóriaAgora o cenário mudou totalmente. De uma noite frustrada e triste sem pescar nada para uma manhã totalmente abundante, de fartura, de alegria, de fé: “Isto fazendo, apanharam grande quantidade de peixes…” (Lucas 5:6). O que fazer agora com toda essa fartura? Muitos guardariam só para si, muitos se alegrariam sozinhos, muitos pensariam em como suas contas correntes estariam gordas agora! Mas Pedro nos ensina que devemos repartir a nossa fartura, repartir a nossa vitória com o próximo: “Então, fizeram sinais aos companheiros do outro barco, para que fossem ajudá-los. E foram e encheram ambos os barcos, a ponto de quase irem a pique” (Lucas 5:7). Os outros barcos também puderam ser contagiados com a bênção de Deus dada a Pedro, puderam ser alcançados pela fé que Pedro teve. Essa é uma das coisas que nós cristãos devemos fazer, contagiar as pessoas com a bênção que Deus derrama sobre nós! Dividir para multiplicar. Pedro dividiu os peixes, ficou com menos, mas multiplicou a fé no coração de todas aquelas pessoas.(5) Reconheça de onde vem o milagreQuando a frustração vira sucesso muitos abandonam a Deus. Quando tudo vai bem, quando as coisas estão funcionando como desejamos, quando vemos os milagres acontecerem, nem sempre reconhecemos de onde eles vêm. De onde nossa força veio, quem abriu a porta que estava fechada? Ignoramos isso e achamos que o mérito está apenas em nós. Mas Pedro nos ensina aqui que o reconhecimento é fundamental para a vitória ser completa: “Vendo isto, Simão Pedro prostrou-se aos pés de Jesus, dizendo: Senhor, retira-te de mim, porque sou pecador” (Lucas 5:8). Pedro demonstrou humildade diante de Jesus, diante da vitória dada por Deus. Ele reconheceu de onde veio a sua vitória naquela noite e glorificou a Jesus Cristo. Não foi vaidoso, não se apoiou em sua grande experiência e habilidades como pescador, antes, soube reconhecer que tudo que era e tudo que fez só aconteceu pela graça de Deus em sua vida! A superação da crise veio de Deus![ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,NOS ANIMA ].

O que é a unção que despedaça o jugo em Isaías 10:27?Uma das passagens que acho mais lindas na Bíblia é a que fala da unção que despedaça o jugo em Isaías 10:27. Por isso, gostaria muito de entender com mais profundidade o que Deus está falando ali ao povo através do profeta Isaías. Que unção é essa e que jugo é esse que seria despedaçado?é importante observar que para compreender o que é a unção que despedaça o jugo, precisamos antes entender o contexto em que esse versículo foi escrito. Vejamos:O que é a unção que despedaça o jugo em Isaías 10:27?Contexto da unção que despedaça o jugo(1) Nesse contexto, Deus começa a falar a respeito da Assíria, um povo levantado por Ele mesmo para trazer juízo ao próprio povo de Israel, por terem se afastado do Senhor: “Ai da Assíria, cetro da minha ira! A vara em sua mão é o instrumento do meu furor” (Isaías 10:5). No entanto, Deus também traria juízo sobre a Assíria, pois era um povo maldoso, maligno e altivo: “Por isso, acontecerá que, havendo o Senhor acabado toda a sua obra no monte Sião e em Jerusalém, então, castigará a arrogância do coração do rei da Assíria e a desmedida altivez dos seus olhos” (Isaías 10:12). A destruição da Assíria seria um sinal ao povo de Deus de que Deus também cumpriria as promessas de restaurar Israel. E, de fato, algum tempo depois dessa profecia, a Assíria foi derrotada até que ficou totalmente debaixo das garras de outra grandiosa nação, a Babilônia.(2) Na sequência, Deus passa a falar da promessa futura para Israel: “Acontecerá, naquele dia, que os restantes de Israel e os da casa de Jacó que se tiverem salvado nunca mais se estribarão naquele que os feriu, mas, com efeito, se estribarão no SENHOR, o Santo de Israel” (Isaías 10:20). Em um futuro próximo (naquele dia) haveria um momento em que Israel se voltaria ao Senhor e se apoiaria nele e não mais em alianças políticas como havia feito, se afastando do Senhor e se entregando a ídolos. Deus haveria de destruir os inimigos de Seu povo.Entendendo o que é a unção que despedaça o jugo(3) Temos, então, o texto objeto de nossa análise: “E acontecerá, naquele dia, que a sua carga será tirada do teu ombro, e o seu jugo, do teu pescoço; e o jugo será despedaçado por causa da unção” (Isaías 10:27 – Revista e Corrigida). Primeiro precisamos compreender as expressões usadas aqui:a) Jugo: era uma peça que unia bois para que andassem na mesma passada. Era colocado no pescoço e permitia que o “dominador” controlasse plenamente os animais. Aqui Deus usa uma linguagem conhecida para mostrar ao povo que eles estariam com o jugo e cargas no pescoço por um tempo, ou seja, seriam dominados por outra nação. É a representação do juízo que receberiam de Deus, quando Deus usasse a Assíria contra Israel.b) Unção: A palavra hebraica é “shemen”, que significa “gordura, óleo”. Aqui é usada de forma simbólica. É traduzida como “unção” na tradução de Almeida Revista e Corrigida, pois, em Isaías, parece indicar que a vitória de Israel (jugo será despedaçado) aconteceria devido a ação de Deus, a força do Senhor, a unção vinda do Todo Poderoso em favor de Seu povo. Outras traduções traduzem como “gordura”, indicando que o significado do texto indicaria que Deus faria Seu povo forte novamente para resistir e vencer os inimigos. Daí a ideia de gordura, de estarem gordos, fortes, fortalecidos pelo Senhor. Ambos os significados demonstram a ação de Deus em favor de Seu povo.(4) Dessa forma, a unção que despedaça o jugo, que destrói os pesos malignos que existem em nossas vidas só pode vir do Senhor. Não temos forças em nós mesmos para realizar tamanha obra contra os inimigos. Deus fez isso em Israel, o livrou diversas e diversas vezes e despedaçou plenamente o jugo quando trouxe Jesus Cristo, que foi o grandioso ungido do Senhor que destruiu totalmente o jugo do pecado, que estava sobre nós. Hoje temos liberdade e salvação através dessa grande obra do Messias![LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA,NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

O que significa “beijai o filho para que não se irrite” no Salmos 2?Você Pergunta: Gostaria de entender com mais profundidade o Salmos 2, especificamente o versículo 12, onde fala “beijai o filho para que não se irrite”. Que filho é esse? E o que significa esse “beijai”? Gostaria de ter informações mais profundas sobre esses detalhes.para uma compreensão mais aprofundada sobre esse texto, temos que entender um pouco o contexto dele. O Salmos 2 é um salmo que fala de governantes e pessoas revestidas de certo poder se levantando contra o Senhor. Vejamos os significados:O que significa “beijai o filho para que não se irrite” no Salmos 2?O que significa beijai o filho para que não se irrite no Salmos 2?(1) O ponto central do texto é a união de poderes da terra contra Deus e Seu Ungido (Messias): “Os reis da terra se levantam, e os príncipes conspiram contra o SENHOR e contra o seu Ungido, dizendo:” (Salmos 2:2). Eles desejam “se libertar” do poder de Deus, como se isso fosse possível! Desejam fazer o que querem, ir contra a vontade do Senhor (Salmos 2:3). Mas a reação de Deus é incrível diante deles: “Ri-se aquele que habita nos céus; o Senhor zomba deles” (Salmos 2:4). Somente loucos poderiam achar que podem ir contra o poder do Senhor todo poderoso!(2) Deus reafirma Seu juízo sobre o mundo, esse juízo irá chegar e cairá sobre a terra, sobre os maus (Salmos 2:5). Na sequência, Deus informa que está colocando Seu Rei para reinar. Ele realizará Seus decretos, Ele é Seu Filho, Seu Ungido e regerá com a força do Senhor (Salmos 2:7-9). Agora temos a parte que mais interessa para a resposta à nossa pergunta:(3) Deus passa a dar conselhos aos maus, aos governantes que pensam que podem fazer algo à parte de Deus: “Agora, pois, ó reis, sede prudentes; deixai-vos advertir, juízes da terra” (Salmos 2:10). Deus oferece uma oportunidade de mudança a eles, para que voltem à sabedoria, pois seus comportamentos atuais só trarão ira e condenação. Dentro desses aconselhamentos, Ele continua: “Servi ao SENHOR com temor e alegrai-vos nele com tremor” (Salmos 2:11). Observe como, de fato, Deus não tem prazer em condenar ninguém, antes, deseja ver a transformação dos ímpios! Da distância para uma proximidade sincera com o Senhor! Eles podem tomar essa decisão! Mas eles querem?(4) Agora, o conselho final se volta a como eles tratam o Ungido do Senhor, o filho de Deus que reina: “Beijai o Filho para que se não irrite, e não pereçais no caminho; porque dentro em pouco se lhe inflamará a ira. Bem-aventurados todos os que nele se refugiam” (Salmos 2:12). Como vimos, o filho é o Rei (Ungido) empossado pelo Senhor Deus. Ele reina! Governa! Quando diz “beijai” está se referindo ao costume antigo de beijar pés e mãos dos reis como forma de mostrar reverência, uma prestação de homenagem, de respeito ao rei. Um rei (humano) maltratado e irritado certamente não era bom para ninguém, já que o rei tem poder de matar e salvar! Imagine o Rei dos reis, que é justo em todos os seus feitos! Evidentemente que trará bênção somente àqueles que O reconhecem e obedecem! Mas aos que não o reconhecem, diz Deus, que dentro de um tempo, a Sua ira se inflamará, será derramada sobre aqueles que O rejeitaram ![ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA, NOS ORIENTA,NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

TEMA:Verdades Divinas 3!Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça ( Isaías 41:10 ).A vida às vezes nos proporciona momentos difíceis, nos quais sentimos fraqueza, medo, solidão ou até mesmo, incertezas no caminho. Mas não se esqueça nem despreze o grande Amor de Deus por você! Quando as lutas parecerem mais fortes, não desanime: Deus cuida de você! Ele é a Luz no fim do túnel escuro do seu sofrimento e quer lhe ajudar a enxergar uma vida nova, repleta de paz e vitórias!Veja esses versículos bíblicos que falam do bondoso cuidado de Deus:Deus protege e sustenta – Tu me cercaste por detrás e por diante, e puseste sobre mim a tua mão – Salmos 139:5.Deus consola em meio a dor – Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados – Mateus 5:4._Deus está presente – Não temas, porque eu sou contigo; não te assombres, porque eu sou teu Deus; eu te fortaleço, e te ajudo, e te sustento com a destra da minha justiça – Isaías 41:10.Lembra quando você era criança e tinha medo do escuro ou de alguma outra coisa? Certamente, sentia-se mais seguro e confiante quando tinha alguém corajoso (adulto) ao seu lado, não é? Assim também acontece conosco e Deus. Mesmo sendo “crescidos”, somos como crianças do nosso Pai celestial. Quando o medo vem assombrar, com terríveis notícias e ameaças, lembre-se que você não está sozinho nesse mundo. Deus cuida da sua vida, mas não à distância… Ele está presente! Aí mesmo agora, Ele te segura com as Suas poderosas mãos. Lembre-se que Ele tem cuidado de você!Confie, Deus está à distância de uma oração. Clame ao Senhor com sinceridade, fé e amor, Ele lhe socorrerá e ajudará a superar as suas necessidades. Você não está sozinho nos momentos de sofrimento e tempestade.[ LEIA A BÍBLIA:A BÍBLIA ELA NOS FORTALECE,NOS CONSOLA NOS ORIENTA, NOS CONDUZ,E NOS ANIMA].

%d blogueiros gostam disto: